Consertos de roupas em São Paulo está em crise

Setor de consertos de roupas passa por uma grave crise em São Paulo.

De acordo com alguns dados de pesquisas durante a pandemia, 80% dos ateliês de costuras em Sp sofreram um grande prejuízo e muitos estabelecimentos começam a fechar as portas, principalmente os franqueados de grandes marcas pois não conseguem se manter ativos.

Mesmo que boa parte dos ateliês de costuras tenham feito máscaras de proteção não conseguiram atingir o faturamento que tinham com os Consertos de Roupas em São Paulo.

Pessoas em Home Office não fazem consertos de roupas 

Isso é uma verdade absoluta. Pessoas trabalhando de suas casas não tem porquê se preocupar se as roupas estão certinhas no corpo, se precisam de um ajuste, se necessitam de um conserto.

A moda é ( ou era) trabalhar de pijama e pantufas nos pés, e aí o setor de costuras despencou e com isso veio um problema até mais grave para os donos de Ateliês de Costuras em São Paulo: A concorrência das costureiras.

Quando as costureiras de consertos de roupas começaram a serem mandadas embora e ou serem afastadas pelo Programa do Governo Federal elas se viram obrigadas a ” se virarem nos 30″ confeccionando máscaras e fazendo alguns ajustes de roupas e à medida que a retomada das atividades começava a acontecer muitas costureiras preferem por enquanto não voltarem ao trabalho.

Primeiro que boa parte das ótimas costureiras em Sp são do grupo de risco e elas temem contrair a Covid19, e segundo porquê se acostumaram a ficar em casa e terem sua própria renda.

Com isso, a oferta por consertos de roupas ficou gigantesca e muitos clientes se aproveitam para ” pechinchar” uma barra de calça original que por aí pode custar 8 reais de quem está quase passando necessidade.

Sendo assim, as empresas legalizadas de costuras se já não bastasse a pandemia agora tem a concorrência até mesmo de ex funcionárias( costureiras) que trabalhando de casa tem o custo 90% reduzido de uma empresa.

Costureira ou Ateliê de Costuras ?

Fica a pergunta para cada uma das pessoas que querem fazer reformas de roupas em São Paulo. Será que vale você pagar muito mais barato num conserto de roupas de uma costureira ou pagar mais num Ateliê de Costuras?

Você de repente pode até dizer:

” Ah mas estou levando minhas roupas na casa da mesma costureira que fazia os consertos de roupas para mim no Ateliê pois agora ela está trabalhando na casa dela”.

Olhando dessa forma parece não haver diferença de qualidade uma vez que trata-se da mesma profissional, correto?

Entretanto, será que uma costureira com toda a supervisão de um Ateliê de Costuras terá toda a estrutura na casa dela?

Cada roupa tem uma cor de linha específica e um Ateliê de costuras que se preza tem diversas cores de linhas e se mesmo assim a linha de uma determinada roupa não for adequada é necessário ir atrás dessa linha.  Fora isso, existem diversos aviamentos necessários na hora de consertar roupas, as tesouras tem de estar super bem amoladas, as máquinas de costuras bem reguladas, manutenção em dia.

Então não basta ser a mesma costureira se claramente ela não tiver a estrutura necessária em sua residência. além do conforto, daquele cafezinho gostoso do Atelier, e o Cnpj…

Sim, com um Cnpj caso uma roupa para consertar seja danificada e não tiver como restaurar , você como cliente pode negociar num bom senso com os donos do Atelier um ressarcimento afim de evitar ir à Justiça, procon, reclamações no Reclame aqui.

Já numa costureira de casa você não terá como fazer uma reclamação mais formal e exigir seus direitos !!!

Claro que ninguém pensa em errar uma roupa a ponto de perdê-la, mas pode acontecer principalmente se a profissional trabalhar de casa com filhos por perto, com netos, com vizinhos tocando campainha para conversar.

Haja vista que boa parte das costureiras são senhoras muitas vezes os próprios filhos ” abusam” da boa vontade da mãe e deixam os netos com as avós( costureiras), e casa com criança brincando nem precisamos dizer que requer muita atenção, atenção essa que deveria ser somente para atendimento ao cliente.

Menos reuniões= menos formalidade.

Uma vez que não teremos tantos expedientes em escritórios por quê os Homens procurarão por exemplo por Ajustar Ternos em Sp ?  Por quê uma executiva trabalhando de casa buscaria por Conserto de Taiers e saias ?

Portanto é um setor que terá de se reinventar como nunca afim de voltar a crescer pois mesmo que a economia volte a girar, muitas empresas de tecnologia por exemplo adotarão o Home office boa parte dos dias, e com isso as pessoas teoricamente não terão porquê fazerem consertos e reformas de roupas com a mesma frequência de antes.

Então restará aos donos de Ateliês de Costuras em São paulo se recriarem e dar tempo ao tempo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *